Embalou de vez

22 ago

Botafogo vence o Avaí por 1 a 0 e já é o terceiro colocado

Com o apoio fundamental de 35 mil alvinegros, o Botafogo venceu o Avaí por 1 a 0, neste sábado, no Stadium Rio, conquistou a quarta vitória consecutiva e chegou ao terceiro lugar no Campeonato Brasileiro. O gol decisivo foi marcado por Fábio Ferreira. O próximo adversário é o Ceará, na quarta-feira, também no Stadium Rio.

Confira as melhores imagens da AGIF do belo sábado alvinegro!

Incentivado pelo canto da torcida, que já aplaudira a inauguração da estátua de Jairzinho em frente ao Setor Oeste e a volta olímpica dos juniroes campeões de dois torneios na Europa (Torneio Internacional Sub-19 e Copa Del Aghata), o Botafogo começou o jogo com tudo. Com Maicosuel voando pelo lado esquerdo e abusando de sua habilidade, levava o Avaí à loucura. Em uma das grandes jogadas do camisa 7 alvinegro, Herrera não conseguiu acertar o chute.

Aos poucos, o Avaí acertou sua marcação, embora abusasse das faltas. Diogo Orlando já marcava Jobson individualmente desde o início, Bruno Silva passou a ficar de olho apenas em Maicosuel. Assim, restava ao Botafogo o jogo aéreo, eficiente aos 31 minutos. O Mago cruzou da esquerda e Fábio Ferreira desviou para o gol, abrindo o placar.

Ogol não mudou o panorama da partida, que se manteve igual até o início da segunda etapa: o Botafogo tentando pressionar e o Avaí apenas se defendendo. Mesmo quando o time catarinense ia ao ataque, levava pouco perigo.

Quande teve oportunidade, o Avaí parou em Jefferson! Observado de perto por Mano Menezes, o goleiro provou por que é de Seleção Brasileira ao pegar uma cabeçada de Gabriel e um chute à queima-roupa, no mesmo lance, de Emerson, aos 21. Marcelo Cordeiro ainda salvou em cima da linha.

O Botafogo, agora, buscava contra-ataques, pois quando conseguia espaços sofria faltas. Caio entrou no lugar de Renato e levou perigo logo na primeira jogada pela direita. Pouco depois, Herrera fez bela jogada, livrou-se de três, mas bateu por cima. E, aos 26, quando Jobson entraria livre, impedimento mal-marcado.

Foi a vez de entrar Edno. Também em seu primeiro lance, recebeu de Maicosuel e cruzou para Jobson, que marcaria o gol. Diogo Orlando se jogou e conseguiu chegar antes do atacantes, para evitar, aos 32. Mas nem precisou. Marcelo Mattos e Caio ainda assustaram, o jogo foi tenso até o fim, porém mais uma vitória importante foi garantida, para delírio da torcida, que pôde continuar sua bela festa.

Danilo Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: