Corrente pela vitória: Vamos lotar o Engenhão torcida alvinegra

20 nov

VALE VAGA NA LIBERTADORES!

Em seu 150º jogo no Botafogo, Joel conta com calor da torcida para vencer Joel prega respeito ao Internacional (AGIF / Reprodução  Proibida)

Joel Santana ainda tem viva na mente a imagem de um torcedor queimando a camisa do Botafogo após a goleada por 6 a 0 para o Vasco. Após esta partida, o treinador assumiu o comando, recuperou a moral dos jogadores e a autoestima dos alvinegros, e conquistou o título carioca. Além disso, manteve uma campanha sólida no Campeonato Brasileiro, que espera que culmine em uma vaga na Libertadores. Para conseguir, é necessário primeiramente vencer o Internacional, neste domingo, no Stadium Rio, no 150º jogo do técnico pelo Glorioso.

Orgulhoso de trabalhar no Botafogo, por toda a história do clube, e satisfeito pelas marcas expressivas que conquistou na carreira, Joel Santana transmite confiança aos jogadores para alcançarem o objetivo.

“Dificilmente um treinador aceita trabalhar no Botafogo como aceitei, pela situação difícil. Não consegui sozinho, mas com jogadores, funcionários e diretoria, que acreditaram. Vamos ver se domingo é um dia que colocamos em prática a expectativa que temos neste grupo”, explica o técnico, pedindo também o apoio dos alvinegros.

“Espero que o torcedor venha ao estádio, procure incentivar e seja uma torcida fiel. Passamos um ano muito difícil, com contusões difíceis, chatas e não deixamos a peteca cair. Estamos nos fortalecendo para, no momento de decisão, enfrentar um adversário difícil. Espero que o torcedor faça aquele corrente, calor e pensamento positivo para jogarmos com o pensamento de chegarmos à Libertadores”, destaca.

Em sua terceira passagem pelo Botafogo, com dois títulos cariocas, Joel não tira da cabeça o sonho de colocar o clube na principal competição sul-americana após 15 anos. Assim, mesmo com dificuldades, faz de tudo para armar seu time da melhor forma possível para o duelo deste domingo.

“Podemos esperar a mesma dificuldade do Flamengo com o Grêmio ano passado, cuspiu sangue para vencer. Estamos jogando contra o Internacional. O jogo não vai ser fácil. Se pensarmos em jogo fácil, vamos ser derrotados. Vamos com o máximo de respeito possível para enfrentar uma grande equipe. Não interessa como o adversário vem, mas que é um grande clube. Precisamos do resultado para sonhar com o que estamos pretendendo, disputar uma Libertadores”, completa o técnico.

Danilo Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: