Botafogo 5 x 0 Cabofriense

24 jan

Fogão goleia, vence a segunda seguida na Taça Guanabara e assume liderança

O Botafogo buscou o seu primeiro gol de forma incessante, como provou logo com 20 segundos. Na primeira jogada, Márcio Rosário fez bom cruzamento e Loco Abreu cabeceou no canto, não abrindo o placar apenas porque o goleiro fez grande defesa. Pouco depois, em bonita troca de passes, o uruguaio ajeitou, mas Renato bateu por cima.

Seguro defensivamente, a ponto de não ter sido ameaçado no primeiro tempo, o Botafogo tinha a posse de bola e fazia uma marcação no campo adversário. Até mesmo Loco Abreu ajudava na pressão na defesa rival. Assim, em roubadas de bola, Herrera e Bruno tiveram chances, porém pecaram na finalização.

O único período desatento do Botafogo não durou nem cinco minutos. Após a parada técnica, o time se reencontrou e começou a fazer seus gols. Aos 22, Renato acertou o travessão após cruzamento de Somália. No lance seguinte, Lucas cruzou e Goeber, atrapalhado por Matheus, fez gol contra, aos 24.

Curiosamente, Goeber fez também o segundo gol, outra vez contra. Desta vez, aos 30, foi Renato quem cruzou para o volante se atrapalhar e jogar contra as próprias redes.

Com os dois gols, o jogo ficou mais fácil para o Botafogo, que não se expôs nem forçou muito. Com o controle das ações, o time tocava a bola, esperando o momento de criar mais chances. O que fez no início da segunda etapa, com Lucas, que bateu cruzado para a zaga cortar, e com João Filipe, responsável por uma cabeçada perigosa, por cima, aos 8.

O único lance perigoso da Cabofriense foi um gol bem anulado. Éverton bateu de fora da área, Jefferson espalmou e Felipe, impedido, mandou para a rede. Apenas um susto, nada que abalasse o domínio alvinegro.

Em bom número no Estádio Cláudio Moacyr, a torcida começou a pedir Caio. Joel Santana atendeu e logo pôs o atacante. Em seu primeiro lance, aos 24, ele usou sua velocidade, ganhou do zagueiro e tentou encobrir o goleiro, que conseguir fechar bem o ângulo.

O talismã alvinegro também apareceu bem ao tabelar com Renato, que aproveitou bobeada da zaga, invadiu a área e chutou cruzado, aos 30, para marcar o terceiro gol. Para completar a boa atuação, aos 36, Caio ainda recebeu passe de cabeça de Loco Abreu para fazer o quarto. Por fim, Antônio Carlos fechou o placar com uma cabeçada aos 41. Festa alvinegra com mais uma vitória!

BOTAFOGO: Jefferson, João Filipe (Alex), Antônio Carlos e Márcio Rosário; Lucas, Marcelo Mattos, Bruno (Fahel), Renato e Somália; Herrera (Caio) e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

Danilo Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: