Botafogo 2 x 3 Cruzeiro: faltou humildade ou defender-se para manter a vitória?

8 jun

Mesmo melhor na partida, Alvinegro acaba derrotado na terceira rodada

O Alvinegro acabou tendo azar na etapa final da partida no Stadium Rio (Crédito: AGIF)

Ainda que superior durante grande parte do jogo, o Botafogo acabou derrotado pelo Cruzeiro por 3 a 2, na noite desta quinta-feira, no Stadium Rio, pela terceira rodada do Brasileiro. Herrera e Amaral, contra, marcaram para o Alvinegro.

No domingo, o Glorioso volta a campo para encarar o Náutico, nos Aflitos, às 18h30, pela quarta rodada do campeonato nacional.
Desde os primeiros instantes, o Botafogo já contava com o domínio da posse de bola. Antes do relógio marcar um minuto de jogo, o Alvinegro já finalizava pela primeira vez, com Herrera. Apenas com Wellington Paulista no campo ofensivo, o Cruzeiro armava uma retranca difícil de ser vencida.

Mesmo com o esquema defensivo dos mineiros, o Glorioso era superior no Stadium Rio. Logo aos oito minutos, Vitor Junior arriscou de longe e acertou o lado exterior da rede de Fábio. No lance seguinte, o meia tabelou na entrada da área com Herrera. O argentino recebeu em boa posição para finalizar, mas acabou parando no goleiro do Cruzeiro.

Com um toque de bola vistoso, o Fogão controlava a partida. Aos 20 minutos, Herrera quase marcou em bola alçada na área por Vitor Junior em falta da direita, mas Fábio espalmou para fora. No escanteio, o meia levantou novamente em direção à área, mas, desta vez, contou com o desvio de Amaral contra a própria meta para abrir o placar para o Glorioso.

A vantagem só fez a superioridade alvinegra aumentar. Aos 25 minutos, a equipe construiu bela jogada coletiva que terminou com Herrera recebendo na cara do gol, mas finalizando para fora. Mais tarde, Vitor Junior trabalhou bem com Lucas na lateral-direita e cruzou para Jadson, que arrematou por cima da meta. O marcador, portanto, seguiria inalterado até o intervalo.

Atrás no placar, o Cruzeiro voltou para a etapa final tentando apertar a marcação. Com a maior pressão sobre a bola, o time mineiro conseguiu equilibrar um pouco as ações, mas o Botafogo seguia mais perigoso.

Sob o comando de Vitor Junior, o meio-campo alvinegro não cansava de criar boas jogadas, principalmente pela direita. Foi por lá que Maicosuel chegou à linha de fundo e cruzou na medida para Brinner, que por pouco não conseguiu a conclusão já dentro da pequena área.

Quando o jogo começava a ficar mais complicado com um Cruzeiro mais arisco, brilhou novamente a estrela de Vitor Junior. Aos 23 minutos, em contragolpe veloz, o meia enfiou bola espetacular para Herrera, que recebeu já cara a cara com o goleiro Fábio e concluiu com categoria para ampliar a vantagem alvinegra.

Com o segundo gol, o Cruzeiro partiu para cima em busca do prejuízo. E acabou achando o desconto pouco depois, aos 28, com Anselmo Ramon. Inflamado, o time mineiro buscou o empate aos 30, com Everton.

O empate alarmou o Botafogo, que se lançou novamente ao ataque. Mas o Alvinegro acabou punido pelo azar. Em mais um lance totalmente isolado da dinâmica da partida, Milton Raphael cometeu pênalti em Montillo. Wellington Paulista cobrou e virou para o Cruzeiro, aos 34.

Persistente, o Botafogo perseguia o empate. Aos 38 minutos, Elkeson fez boa jogada pela direita e levantou para Herrera, que cabeceou com estilo, mas para fora. Infelizmente, a noite realmente não era do Fogão no Stadium Rio.

BOTAFOGO: Milton Raphael, Lucas, Brinner, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Jadson, Renato (c), Maicosuel, Andrezinho (Elkeson) e Vitor Junior; Herrera.
Treinador: Oswaldo de Oliveira.

Rodrigo Paradella

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: